8 de dez de 2012

Homenagem - Tereza Kovacs

Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...
Gostava Tanto de Você - Tim Maia

É, o tempo passou, e passou muito.

Viveu, morreu e aqui ainda estamos nós, feito poste de estrada de rodagem ou cavalinho de carrossel. Porque, nós que ficamos, permanecemos estáticos no tempo.

Tereza Kovacs teria completado 67 anos ontem, dia 07 de dezembro, se não tivesse morrido no dia de hoje, 08 de dezembro, no ano de 2007.

Nasceu Filha de Yansã e volveu ao Éter através de Oxum, ascendendo aos Céus pelas mãos imaculadas de Nossa Senhora da Conceição.

Hoje faz 5 anos que minha mãe morreu, vítima das complicações da diabetes. Numa mensagem que recebi dela em um Centro Espírita da Tijuca, há alguns meses, ela dizia estar recuperada, que iria se instruir para prestar serviço nas áreas umbralinas do Astral.

Que seja verdade, que seja real. Devemos acreditar em tudo, inclusive que tudo possa ser mera ilusão, como sempre diz meu tio Tonho, meu pai de criação.

Lamento profundamente por não ter sido melhor para minha mãe. Lamento não ter sido algo que pudesse chegar até ela e lhe dizer: "Foi difícil, mas valeu a pena". Infelizmente, até hoje não consegui chegar a algum lugar que pudesse dizer a ela que o sacrifício que fez por mim não foi em vão, que o seu sacrifício valeu a pena.

Salve, Tereza!
Que esteja sob o amparo de nosso Deus-Pai,
aos cuidados de seus Santos e Mentores.

Caminhou, caminhou,
pela estrada de Jesus.
Caminhou Filhos de Pemba,
terminou a sua cruz!

Estrela do Céu
guiou nosso Pai
e a esse Filho o caminho em que vai

Viva Jesus, nosso Pai Redentor
Que na Santa Cruz seu sangue derramou.
(Ponto cantado para as Almas)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...